Mundo

Três mortos, 27 feridos em uma série de terremotos na China

O terremoto foi sentido em todos os 12 condados e cidades da Prefeitura Autônoma de Dali Bai, com Yangbi sendo o mais atingido, disse Yang Guozong, chefe da prefeitura do Partido Comunista da China (PCC) no poder.

Nesta foto divulgada pela agência de notícias chinesa Xinhua News, profissionais médicos tratam de uma mulher após um terremoto no condado autônomo de Yangbi Yi, no sudoeste da província chinesa de Yunnan, no início do sábado, 22 de maio de 2021. (Hu Chao / Xinhua via AP)

Pelo menos 3 pessoas morreram e 27 ficaram feridas após uma série de terremotos que sacudiram o condado autônomo de Yangbi Yi, na província chinesa de Yunnan, na sexta-feira, disseram autoridades locais.

O terremoto foi sentido em todos os 12 condados e cidades da Prefeitura Autônoma de Dali Bai, com Yangbi sendo o mais atingido, disse Yang Guozong, chefe da prefeitura do Partido Comunista da China (PCC) no poder.

Duas mortes foram relatadas no condado de Yangbi e uma no condado de Yongping. Três pessoas ficaram gravemente feridas e 24 outras tiveram ferimentos leves, informou a agência de notícias estatal Xinhua.

Cerca de 72.317 residentes em 20.192 famílias foram afetados pelos terremotos.

Quatro terremotos de magnitude 5,0 sacudiram Yangbi das 21h00 às 23h00 (horário de Pequim), de acordo com o China Earthquake Networks Center.

A região registrou 166 tremores secundários a partir das 2h. As forças de resgate foram enviadas para a zona do terremoto e os esforços de resgate estão em andamento.

No entanto, nenhuma vítima foi relatada depois que um terremoto de magnitude 7,4 sacudiu a província de Qinghai no noroeste da China no sábado, segundo a Xinhua citando as autoridades locais.

O terremoto atingiu o condado de Maduo, na província autônoma tibetana de Golog, na província às 2h04. Sábado, horário de Pequim, de acordo com o China Earthquake Networks Center (CENC).

O tremor foi sentido fortemente pelos residentes na capital provincial de Xining, que fica a 385 km da sede do condado de Maduo.

O epicentro foi monitorado a 34,59 graus de latitude norte e 98,34 graus de longitude leste. O terremoto atingiu a profundidade de 17 km.

Até o momento, não houve relatos de vítimas e desabamentos de casas com a operação normal das redes de energia e comunicação, relataram as autoridades locais.

No entanto, seções de rodovias e pontes desabaram na área atingida pelo terremoto, tornando os veículos intransitáveis.
Forças de resgate bem equipadas foram enviadas para a zona do terremoto.

A uma altitude média de 4.200 metros, o município de Maduo está localizado na região das nascentes do rio Amarelo com grande número de rios e lagos.

Nos últimos cinco anos, cerca de 25 terremotos de magnitude 3 ou superior ocorreram a 200 quilômetros do epicentro, o maior dos quais ocorreu no sábado, mostraram os dados do CENC.