Noticias Do Mundo

México: o principal líder do sindicato criminoso Los Zetas é recapturado

Reyes Enriquez foi capturado pela primeira vez em junho de 2007 no estado de Hidalgo, quando Los Zetas estava em meio a uma onda violenta contra outras gangues em todo o país.

A polícia mexicana recapturou Luis Reyes Enriquez, conhecido como Z-12, fundador e líder do Cartel Los Zetas, durante uma operação no estado de Nuevo Leon, no norte do país, informaram as autoridades na sexta-feira.

O Z-12 foi recapturado na noite de quinta-feira na cidade de San Pedro Garza Garcia, perto da cidade de Monterrey, Juan Carlos Silva, disse a Xinhua citando o chefe da divisão antidrogas da polícia federal.

Reyes Enriquez foi capturado pela primeira vez em junho de 2007 no estado de Hidalgo, quando Los Zetas estava em meio a uma onda violenta contra outras gangues em todo o país.

No entanto, ele foi liberado do presídio de segurança máxima de Puente Grande em abril de 2015, depois que um juiz suspendeu sua sentença. Essa decisão foi revertida em agosto de 2015, mas Reyes Enriquez se escondeu depois que uma ordem para sua nova prisão foi emitida.

Ele agora enfrenta uma sentença de 47 anos e seis meses de prisão, disse Silva.

Reyes Enriquez foi um ex-soldado que fundou o Los Zetas com outros ex-operacionais do exército no final dos anos 1990, inicialmente como um grupo armado trabalhando para o Cartel do Golfo.

No entanto, o grupo cresceu em força e se separou em 2010 para se tornar indiscutivelmente o cartel mais violento do México.

Z-12 é considerado um dos principais líderes do Los Zetas e muito próximo do chefe do Cartel do Golfo, Osiel Cardenas, que atualmente cumpre pena de 25 anos nos Estados Unidos após ter sido extraditado em 2007.