Música

O cantor folk de Chicago John Prine ganha mais dois Grammys

O prêmio póstumo homenageou sua última música gravada, I Remember Everything.

Esta foto de arquivo de 15 de junho de 2019 mostra John Prine se apresentando no Bonnaroo Music and Arts Festival em Manchester, Tennessee. AP

O falecido John Prine, um reverenciado cantor e compositor da cena da música folk de Chicago, ganhou dois Grammys póstumas no domingo por sua última música gravada, I Remember Everything, uma música sobre perda e memória.

Os prêmios, nas categorias raízes americanas, foram de melhor desempenho e (com Pat McLaughlin) de melhor música.

O nativo de Maywood morreu em abril aos 73 anos de complicações devido ao COVID-19. Sua esposa, Fiona Whelan, disse a repórteres durante uma coletiva de imprensa virtual no domingo que a música falou sobre a importância das memórias e realmente conectou com as pessoas no ano passado.

John tinha um jeito de apontar as coisas mais simples do cotidiano que às vezes esquecemos, disse Whelan.

Relacionado

John Prine morre aos 73; cantor folk aclamado, compositor criou clássicos do lirismo e da narração de histórias

Eles foram o terceiro e o quarto Grammys competitivo para Prine, que escreveu canções incluindo Angel from Montgomery e Sam Stone. Ele também recebeu um prêmio pelo conjunto da obra no ano passado.

Sinto a presença de John hoje muito fortemente, disse Whelan.

Um admirador de Prine de longa data, Brandi Carlile, prestou homenagem a ele cantando I Remember Everything no Grammy de domingo, para uma audiência ao vivo esparsa e socialmente distanciada.

Acho que, no passado, atuar diante de uma platéia é a única coisa que importa para mim, Carlile disse antes da cerimônia. Mas desta vez estou apenas atuando para John Prine. É apenas para John, e eu sei que ele está lá.