Obituários

Larry Moran, 'homem com voz engraçada' em Parkay, Kibbles ‘n Bits, anúncios Raid, morto aos 78

Larry Moran era um dos dubladores mais ocupados de Chicago. Freqüentemente, ele faria todos os personagens de um comercial. | Foto fornecida

Larry Moran, um dos dubladores de maior sucesso em Chicago, morreu.

O Pillsbury Doughboy expressou suas condolências.

Ele era um dos melhores dubladores do ramo, disse JoBe Cerny, 70, um nativo de Cícero que, além de fazer o Doughboy em comerciais, também era a voz do Scrubbing Bubble original.

Os dois homens costumam ler as mesmas peças em comerciais. Moran era um concorrente difícil, de acordo com Cerney. Ele tinha um grande senso de caráter e ganhou muitos testes, disse Cerny. Ele era um grande talento.

Ator de voz Larry Moran. | Foto fornecida

Ator de voz Larry Moran. | Foto fornecida

Executivo da United Airlines

Moran, 78, morreu em 28 de dezembro em New Buffalo, Michigan, onde se aposentou, de acordo com sua ex-esposa Janet Gilleland. Acredita-se que a causa seja uma doença cardíaca.

Ele tinha tantas vozes quanto Scheherazade tinha histórias, interpretando de tudo, desde um elfo Keebler a um inseto de Raid e margarina Parkay.

por quanto tempo os shakes de shamrock estão disponíveis?

Freqüentemente, ele fazia todos os papéis em um comercial - às vezes até meia dúzia de personagens. Ele corria de um estúdio ou agência de publicidade para o outro, conseguindo performances para muitos produtos diferentes em um único dia.

Ele criou uma variedade de vozes de cachorro - de terriers brincalhões a Bulldogs corpulentos - que entoado por seus Kibbles 'n Bits.

Em apenas algumas sílabas, ele fez um contêiner de parkay soar contraditório, mas travesso, ao mesmo tempo que insiste que era manteiga - não margarina.

O Sr. Moran fez locuções para Cadillac, Velveeta, Reebok , Pão Gonnella e Cap'n Crunch. Ele retratou Careta e Sr. Banco Imobiliário nos comerciais do McDonald's e Dig'Em, o sapo do Honey Smacks . Ele fez a voz de um chef de um comercial de microondas estrelado pelo jogador de golfe Jack Nicklaus e lançou Parkay para o Hall of Famer Deacon Jones do futebol .

É divertido, ele disse uma vez ao programa de TV PM Magazine . Eu posso ser qualquer um.

Ele também foi mentor de muitos dubladores novatos, disse Tim Dadabo , quem joga 343 Guilty Spark no videogame Halo e Bebop no videogame Teenage Mutant Ninja Turtles.

O Sr. Moran incentivou Dadabo a trabalhar em seu ofício todos os dias: ele dizia: ‘Você se sentou e praticou vozes por pelo menos uma hora? Você ouviu desenhos animados? Você ouviu as vozes que ouviu na TV e no rádio? Você comprou algum livro ou fita motivacional que ensina como vender, fazer marketing, agir e falar? '

Comece a ler a Bíblia, disse o sr. Moran. Se você pode citar a Bíblia - e soar como se estivesse apenas falando - você pode ler qualquer coisa.

Moran estudaria desenhos animados apresentando O Homem das 1000 Vozes, Mel Blanc, que fez personagens clássicos, incluindo Pernalonga, Porco Gordo, Sylvester, Torta Piu-Piu e Patolino.

Visto aqui em 1992, o trabalho de narração comercial de Larry Moran, incluindo ser a voz do cachorro em anúncios da Maytag. | Arquivos Sun-Times

Visto aqui em 1992, o trabalho de narração comercial de Larry Moran, incluindo ser a voz do cachorro em anúncios da Maytag. | Arquivos Sun-Times

Ele era um dos maiores talentos de locução nesta cidade, e o que era realmente ótimo sobre ele é que, mesmo para um redator realmente verde, ele era incrivelmente gentil, disse Ross Buchanan, fundador da agência de publicidade Octane Chicago.

Moran fez centenas de comerciais para J. Walter Thompson, de acordo com Johnny Zwierzko, que era um produtor de locuções para a agência. Ele vendeu tudo. Ele se vendeu. Ele vendeu tudo o que estava apegado.

Ele era uma espécie de pau para toda obra - e mestre de tudo, disse David Lewis, da David Lewis Creative Radio.

ex-alunos de basquete do colégio simeon

Nascido em North Side, o jovem Larry foi para a Lakeview High School e mais tarde foi representante de vendas da Whitaker-Carpenter Paper Company.

Enquanto atuava em um teatro comunitário com os jogadores do Oak Park Village, ele foi encorajado por outros atores a seguir uma carreira nas artes cênicas.

Entre suas outras funções, ele fez vozes para o programa educacional judaico A Porta Mágica, amado por aqueles que nasceram durante o Baby Boom, quando era o único programa infantil de domingo de manhã em Chicago nos dias em que havia apenas alguns canais de TV.

Ele apresentava aos produtores e outros atores uma caixa de castanhas de caju - a piada era que ele e suas muitas vozes podiam fazer as pessoas pensarem que ele era um pouco maluco. Havia um método em sua loucura maluca. Os presentes ajudaram as pessoas a se lembrar dele.

Larry Moran se apresentou com frequência no drama de rádio de longa duração da missão Pacific Garden, Unshackled. | Foto fornecida

Larry Moran se apresentou com frequência no drama de rádio de longa duração da missão Pacific Garden, Unshackled. | Foto fornecida

O Sr. Moran fundou um grupo para dubladores, onde os membros faziam networking em busca de empregos e desenvolvimento profissional.

la la land em chicago

Ele também interpretou peças para o drama de rádio de longa duração Unshackled! na missão Pacific Garden de Chicago.

Ele era um cara tão legal e carinhoso, disse Dadabo.

O Sr. Moran deixou as filhas Nancy McLaughlin e Erika Moran, os filhos Matthew Moran e Mark, Todd e Colin Shaughnessy, 12 netos, um bisneto e sua amiga Catherine Duffy. Os serviços foram realizados.