Américas

Chelsea Clinton deixa o emprego de jornalista de TV para se concentrar na família

Clinton disse que foi um 'privilégio' para ela trabalhar na rede.

chelsa-mEx-aluno das Universidades de Stanford, Oxford e Columbia, Chelsea trabalhou em gigantes financeiros como a McKinsey. (Fonte: Reuters)

Chelsea Clinton, filha do ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton, decidiu deixar seu emprego como jornalista de TV para se concentrar na fundação de caridade de sua família e se preparar para a chegada de seu primeiro filho.

Em uma mensagem em sua página no Facebook, a ex-primeira filha disse que respeita o compromisso da NBC de contar histórias de pessoas comuns fazendo coisas extraordinárias e que tem sido um privilégio para ela trabalhar na rede.

Para continuar me concentrando em meu trabalho na Fundação Clinton e como Marc e eu esperamos receber nosso primeiro filho, decidi deixar meu cargo como Correspondente Especial da NBC, disse ela.

Ela e o marido, Marc Mezvinsky, estão esperando o primeiro filho.

Chelsea, 34, se tornou a segunda filha de um presidente a trabalhar como jornalista para a NBC quando ingressou na rede em 2011.

Filha do presidente George Bush, Jenna Bush Hager trabalhou como correspondente do programa Today, da NBC, enquanto Meghan McCain, filha do candidato presidencial John McCain, é colaboradora da MSNBC.

A medida ocorre no momento em que se especula amplamente que sua mãe, a ex-secretária de Estado, Hillary Clinton, está pensando em uma candidatura presidencial em 2016.

Chelsea disse que enquanto seu papel na NBC News está terminando, ela espera trabalhar com a família NBC no futuro.

Ela disse que sempre se inspirará na paixão, coragem e perseverança das histórias de quem ajuda os necessitados.

Sou profundamente grato aos telespectadores da NBC que responderam às histórias que compartilhei, fornecendo fundos para ajudar a expandir o alcance desses programas e que incentivaram os diretores de suas escolas, seus prefeitos e ativistas locais a pensarem sobre como construir programas transformadores semelhantes em seus próprios comunidades, disse ela.

Na NBC, Chelsea trabalhou com ‘Rock Center with Brian Williams’ e ‘NBC Nightly News’ como correspondente especial.

Ela trabalhou na franquia ‘Fazendo a diferença’ da rede, que traça perfis de organizações e indivíduos que representam o melhor do que funciona nos Estados Unidos e em todo o mundo, frequentemente enfatizando histórias sobre pessoas comuns fazendo coisas extraordinárias.

Ex-aluno das Universidades de Stanford, Oxford e Columbia, Chelsea trabalhou em gigantes financeiros como a McKinsey.

Ela é vice-presidente da Fundação Clinton, onde seu trabalho enfatiza a melhoria da saúde global e doméstica, criando oportunidades de serviço e capacitando a próxima geração de líderes.